Instituto SEB

Ser Sustentável apresenta Materioteca

15/03/2019 Instituto SEB abre as portas ao público com exposição de materiais sustentáveis.

Com um fim de semana dedicado a debates e palestras sobre um de seus eixos centrais, a Sustentabilidade, a sede do Instituto SEB apresenta exposição de matérias sustentáveis.
O espaço A FÁBRICA, sede do Instituto SEB, braço social do Grupo SEB, localizado na antiga fábrica da Cervejaria Paulista em Ribeirão Preto, é um hub de inovação, educação, cultura, empreendedorismo e sustentabilidade.

Para dar início às suas atividades, A Fábrica realiza o evento SER Sustentável, nos dias 22, 23 e 24 de março, apresentando a Materioteca. Uma experiência educativa sobre a formação dos materiais sustentáveis, provenientes das mais diversas matérias primas, de origem sintética, fóssil, mineral ou residual.
O objetivo é ressaltar a economia circular, um conceito baseado na inteligência da natureza, onde os resíduos são insumos para a produção de novos produtos.

A exposição contará com mais de 40 amostras de materiais sustentáveis, desde os mais tradicionais até soluções inovadoras ainda desconhecidas do grande público, que estarão expostas para serem tocadas, sentidas e manipuladas. “Explicaremos o ciclo de vida, desde a origem desses materiais, passando pelos processos, aplicações, até as possibilidades de descarte e reinserção no ciclo novamente”, explica Carolina Piccin, da MateriaLab, criadora e desenvolvedora da Materioteca.

Além da exposição, o evento ainda contará com mesas redondas, cine debate, feira de produtores locais e música ao vivo na praça, para momentos de conexões, troca de ideias e networking.

A exposição “Materioteca” será inaugurada no dia 22 de março às 19h, seguida da palestra inaugural, ministrada pela Carolina Piccin, que lidera a formulação de programas de sustentabilidade, P&D e inovação da MateriaLAB.

No dia 23, sábado, contaremos com nomes como Marko Brajovik, arquiteto e designer croata radicado no Brasil, formado pela Universidade de Arquitetura de Veneza, que apresentará sua trajetória criativa inspirada pela Natureza, com pesquisas em uso de materiais e estruturas não convencionais (bambu, papelão, estruturas tensionadas, etc) e Mana Bernardes, artista plástica, designer e poetisa, que inspira a público através da arte e da transformação humana. A palestrante busca desmistificar a sustentabilidade apresentando esse conceito por meio de uma narrativa pessoal, em primeira pessoa, baseada na sua experiência de um caminho plural. Busca fazer um contato emocional com platéia com o objetivo de inspirá-los a buscarem seus caminhos autorais. O conteúdo versa sobre a importância da criatividade.

No domingo a Feira do Coletivo ocupa a praça eventos com barracas de produtores e designers locais com viés sustentável, fechando o evento com música ao vivo e área de alimentação.

A programação completa em breve.

Últimas novidades

Veja todas

Acompanhe este movimento em prol da educação

Assine nossa newsletter.